terça-feira, 9 de junho de 2009

Alhinho

Carlos Alexandre Fortes Alhinho, nascido a 10 de Janeiro de 1949, em São Vicente (Cabo Verde), foi um dos bons defesas centrais do futebol português, tendo jogado nos 3 "grandes", pela seguinte ordem cronológica: Sporting, F.C. Porto e Benfica.
Alhinho teve uma longa e bonita carreira de 15 anos, durante a qual representou vários clubes. Assim, para além dos já referidos 3 "grandes" do futebol português, Alhinho representou também, em Portugal, a Académica, o Portimonense e o Farense. Alhinho teve, ainda, duas curtas passagens pelo Estrangeiro, a 1ª pela Bélgica, onde jogou no Racing White e a 2ª por Espanha, onde jogou no Bétis de Sevilha.
Ao longo de 15 anos de carreira, Alhinho construiu um bonito palmarés, do qual se destaca a conquista de 3 títulos de Campeão Nacional (1 ao serviço do Sporting, em 1973/74 e 2 ao serviço do Benfica, em 1976/77 e 1980/81), 4 Taças de Portugal (duas consecutivas pelo Sporting, em 1972/73 e 1973/74 e outras duas também consecutivas pelo Benfica, em 1979/80 e 1980/81) e, ainda, uma Supertaça ao serviço do Benfica, em 1979/80.
Alhinho foi um dos poucos jogadores portugueses que conseguiu conquistar o Campeonato Nacional e a Taça de Portugal em representação dos 2 principais clubes de Lisboa e eternos rivais, Sporting e Benfica.
Alhinho iniciou a sua carreira profissional, em 1969/70, na Académica de Coimbra, tendo aí permanecido durante 3 épocas, até 1971/72. A seguir, transferiu-se para o Sporting, onde jogou durante 3 temporadas (1972/73, 1973/74 e 1974/75). Em seguida, mudou-se para o F.C. Porto onde jogou apenas uma época (1975/76). Seguiu-se a sua entrada no Benfica, onde jogou durante 4 épocas não consecutivas (1976/77, 1978/79, 1979/80 e 1980/81). Seguidamente, Alhinho rumou ao Algarve, onde alinhou pelos 2 principais clubes algarvios, 1º no Portimonense, durante duas temporadas (1981/82 e 1982/83), e depois uma temporada no Farense, em 1983/84, no final da qual abandonaria o futebol como jogador, já com 35 anos.
No que diz respeito à sua passagem pelo Sporting, ao longo dos 3 anos em que jogou de "leão ao peito", Alhinho realizou 101 jogos e marcou 3 golos.
Alhinho foi 15 vezes internacional A pela Selecção Nacional, tendo 8 dessas internacionalizações sido obtidas ao serviço do Sporting, 6 ao serviço do Benfica e uma pelo Portimonense. A sua estreia na Selecção ocorreu a 28 de Março de 1973, num jogo de apuramento para o Campeonato do Mundo, realizado em Conventry, frente à Irlanda do Norte (empate 1-1). A despedida aconteceu a 5 de Maio de 1982, em São Luís do Maranhão, num jogo particular contra o Brasil (derrota 3-1).
Alhinho viria a falecer, de forma trágica, a 31 de Maio de 2008, com apenas 59 anos, na sequência de uma queda, a grande altura, dentro do alçapão de um elevador de Hotel, em Angola.

6 comentários:

sloct disse...

Estava prevista uma homenagem ao Carlos Alhinho em Coimbra no dia 17 de Maio de 2008. Uma semana antes dessa homenagem ele pediu desculpa por não poder ir porque tinha que ir a Luanda. Coitado. E já lá vai um ano.

M. Paim disse...

Uma morte trágica dum grande senhor do futebol português. Jogou nos 3 grandes, mas foi na sua Académica que ganhou destaque.

P.S.: Amigo Nuno, consegues-me facultar uma foto de corpo inteiro ou que não seja daquelas tipo passe do bi-bota de ouro Fernando Gomes, no Sporting? Abraço

NUNO RAMOS disse...

Amigo Paim,
não tenho, talvez o Alexandre tenha e faça uma postagem com ele de corpo inteiro. Fica o desafio para o amigo Alexandre...

ALEXANDRE disse...

Amigo Paim,
Estive à procura, mas não encontrei uma foto de corpo inteiro do Gomes com a camisola do Sporting. Só tenho do Gomes com a camisola do F.C. Porto.

ogirdoR disse...

Foi sportinguista e academista. Levou o meu Académico de Viseu à sua última passagem pela primeria divisão. Por falar em subida, o meu Académico está de regresso à II Divisão!

Saudações leoninas!

M. Paim disse...

E nem nenhuma foto de um 11 em que ele esteja?
Também ele vai ser o nmr 52 no meu blog, portanto ainda há bastante tempo :)