sábado, 29 de agosto de 2009

De Martins a Liedson, 53 anos passaram...

Na época de 1952/53, o jornal "A Bola", numa feliz e já urgente iniciativa, instituiu um troféu destinado a premiar o melhor marcador do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, troféu esse que foi designado por "Bola de Prata".
Desde a criação da "Bola de Prata" até hoje, já lá vão 57 anos, venceram este troféu, com a camisola do Sporting, 8 jogadores, a saber: João Martins, Yazalde, Jordão, Manuel Fernandes, Paulinho Cascavel, Cadete, Jardel e Liedson.
Há ainda a referir que, na época de 1965/66, Figueiredo e Eusébio terminaram o campeonato empatados em golos, com 25 cada, mas por força dos regulamentos que contemplam estes casos, foi atribuída a "Bola de Prata" a Eusébio, devido ao facto deste ter realizado menos jogos que Figueiredo, tendo, assim, o avançado benfiquista obtido uma maior média de golos marcados por jogo.
- João Martins, em 1953/54, com 31 golos;

- Yazalde, em 1973/74, com 46 golos (recorde de golos dos campeonatos; "Bota de Ouro"), e em 1974/75, com 30 golos;

- Jordão, em 1979/80, com 31 golos;

- Manuel Fernandes, em 1985/86, com 30 golos;

- Paulinho Cascavel, em 1987/88, com 23 golos;

- Cadete, em 1992/93, com 18 golos;
- Jardel, em 2001/02, com 42 golos; "Bota de Ouro;

- Liedson, em 2004/05, com 25 golos, e em 2006/07, com 15 golos.

Aqui ficou a homenagem do Armazém Leonino a esta galeria de grandes avançados e goleadores, dos maiores de sempre da História do Sporting.

1 comentário:

jes disse...

O Figueiredo começou no Cernache de Bonjardim e chamava-se Ernesto. Em todos os jogos marcava mais de dois golos.