segunda-feira, 10 de agosto de 2009

João Martins e o 1º golo na Taça dos Campeões Europeus (1955-56)

O Sporting teve o privilégio de ser a 1ª equipa portuguesa a participar nas competições europeias de clubes, na época de 1955/56, estreando-se na recém-criada Taça dos Campeões Europeus, isto apesar de não ter vencido o campeonato nacional na temporada anterior.
Com efeito, na época anterior (1954/55), não obstante o Benfica se ter sagrado campeão nacional, foi o Sporting a equipa portuguesa participante na 1ª edição da Taça dos Campeões Europeus. Tal facto ficou a dever-se ao convite endereçado pela UEFA ao clube de Alvalade, o qual, em meados da década de 50, gozava, além fronteiras, de grande prestígio internacional.
Foi assim que, a 4 de Setembro de 1955, o Sporting fez a estreia naquela competição, defrontando o Partizan de Belgrado (ex-Jugoslávia), no Estádio Nacional, no Jamor (recorde-se que o Estádio José Alvalade só seria inaugurado a 10 de Junho de 1956). O jogo viria a terminar empatado (3-3) e o inesquecível avançado leonino, João Martins, teve a honra de ser o marcador do 1º golo dos "leões" e, igualmente, de uma equipa portuguesa, nas competições europeias de clubes.
A título de curiosidade, refira-se que, no jogo da 2ª mão, realizado em Belgrado, o Sporting seria derrotado, pelo Partizan, por 5-2, sendo assim eliminado da prova. Acrescente-se ainda que nesta equipa leonina já só figuravam dois "violinos", José Travassos e Vasques. Imagine-se a carreira que o Sporting poderia ter feito na Taça dos Campeões Europeus se esta competição tivesse sido criada, por exemplo, 10 anos antes, tendo a equipa leonina os "cinco violinos" em acção!
Na foto apresentada em cima, podemos observar a entrega, por parte do jornalista (e um dos fundadores) do jornal A Bola, Ribeiro dos Reis, do troféu "A Bola de Prata" a João Martins, o qual, na época de 1953/54, se tinha sagrado o melhor marcador do campeonato nacional, com 31 golos marcados.

9 comentários:

chino disse...

Grande jogador.
Considerado o 6ºviolino.
No final de carreira,esteve na Madeira em 1959/60 como jogador- treinador do Marítimo e está ligado á maior derrota deste clube perante o União da Madeira (7-0).

Anónimo disse...

Excelente post. Obrigado Caro Alexandre.

RFM disse...

Caro Alexandre, Sou RFM que acima postei

daniel.abrunheiro@gmail.com disse...

CARLOS LOPES: O MAIOR CAMPEÃO DESPORTIVO DE SEMPRE EM PORTUGAL - FAZ HOJE 25 ANOS QUE VENCEU A MARATONA OLÍMPICA DE LOS ANGELES / 84.
VIVA CARLOS LOPES!

Anónimo disse...

É IMPRESSÃO MINHA OU BLOGUE ESTÁ A PERDER GÁS' NO INICIO HAVIA 4 E 5 IMAGENS NUM DIA, HÁ ALGUM TEMPO A ESTA PARTE ESTÁ COM POUCOS POSTS.

NUNO RAMOS disse...

Caros amigos,
o Armazém Leonino não está a perder gás, o que acontece é que tanto eu como o Alexandre estamos de férias uns dias. A partir de hoje, todos os dias há novidades.

Abraço

Kevin Antunes disse...

Se não me engano, este terá sido o primeiro jogo de sempre da competição, e daí Martins marcou o primeiro golo de sempre, e não só de uma equipa portuguesa.

NUNO RAMOS disse...

Acho que tens razão Kevin, mas o Alexandre sabe esses dados como ninguém.

verde-rubro disse...

João Martins que chegou á Madeira em 1959(antes já tinha aqui estado como capitão da equipa B Portuguesa na inauguração do Estádio dos Barreiros em 1957)para ajudar o Marítimo como jogador-treinador e ganhar alguns trocos em fim de carreira,está ligado ao CSM por motivos negativos,pois era uma excelente pessoa.
Bem se dizia na altura que o que vinha do outro lado era tudo ruím,excepto cabos de vassoura.Mas o Martins não contrariou esse facto e está na história do Marítimo como o treinador dos 7-0 com o União,o maior rival de sempre do CSM,a nível regional.