sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Iordanov

Ivaylo Stoimenov Iordanov, nascido a 22 de Abril de 1968, em Samakov, na Bulgária, foi um dos melhores avançados estrangeiros que passou pelo Sporting na década de 90, tendo deixado bastantes saudades entre os sócios e adeptos do Sporting.
Iordanov, então com 23 anos, ingressou no Sporting no Verão de 1991, proveniente do Lokomotiv de Górnia (Bulgária), trazendo consigo credenciais de goleador e de avançado de qualidade, pois tinha sido o melhor marcador do campeonato búlgaro na época anterior (1990/91), com 21 golos apontados.
Na verdade, Iordanov era um avançado dotado de uma grande mobilidade, rápido, versátil e generoso. Para além destas características, Iordanov era, igualmente, um jogador com um enorme espírito de sacrifício e com uma grande capacidade de luta e de entrega ao jogo. Estas qualidades fizeram dele um jogador adorado e bastante apreciado e acarinhado pela família sportinguista, que viam nele uma espécie de símbolo do esforço, da dedicação e da garra do "leão".
Ao serviço do Sporting, Iordanov realizou um total de 222 partidas oficiais, tendo marcado 70 golos. Ao longo das 9 épocas em que jogou de "leão ao peito", entre 1991/92 e 1999/2000 (na época de 2000/01, "Yorda" fez apenas 2 jogos), o avançado búlgaro conquistou um Campeonato Nacional, precisamente na sua última época em Alvalade, uma Taça de Portugal, na época de 1994/95 e uma Supertaça "Cândido de Oliveira", na época de 1995/96. Foi, ainda, finalista vencido da Taça de Portugal em mais duas ocasiões, na época de 1993/94 (derrota na finalíssima, diante do F.C. Porto, por 2-1) e na época de 1995/96 (derrota na final, diante do Benfica, por 3-1).
Iordanov foi o herói da final da Taça de Portugal de 1994/95, na qual o Sporting derrotou o Marítimo por 2-0. Com efeito, o avançado búlgaro foi o melhor jogador em campo, tendo marcado os 2 golos da partida e efectuado uma grande exibição. Aliás, graças à também excelente exibição do guarda-redes do Marítimo, Everton, outros golos ficaram por marcar, tendo-se, neste particular, assistido a um duelo emocionante e espectacular entre Iordanov e o guarda-redes brasileiro.
Além de jogar em toda a frente de ataque, Iordanov também passou por outras posições em campo, tendo chegado, nomeadamente, a jogar a defesa central e no meio campo, provando ser também um jogador polivalente e versátil, à semelhança, aliás, daquilo que mostrou ao serviço da Selecção da Bulgária, onde Iordanov também experimentou várias posições.
Em representação da Bulgária, Iordanov foi 45 vezes internacional, tendo estado presente em duas edições do Campeonato do Mundo de futebol: nos EUA, em 1994, e em França, em 1998. No "Mundial" de 1994, a Bulgária obteve um excelente e surpreendente 4º lugar, a sua melhor classificação de sempre, tendo Iordanov integrado uma notável e histórica geração de futebolistas búlgaros, dos quais se destacavam jogadores da qualidade de Stoichkov, Balakov, Kostadinov, Penev, Sirakov, Letchkov, Mikhailov, Ivanov e ele próprio que, em 1998, foi eleito o melhor jogador da Bulgária.
Contudo, Iordanov também viveu momentos delicados e dolorosos durante a carreira, sobretudo, quando lhe foi diagnosticada, em Outubro de 1997, esclerose múltipla, doença que punha em risco a própria carreira. Perante este infortúnio, foi então que Iordanov revelou, uma vez mais, a força e o carácter de grande lutador, resistindo, com uma vontade inquebrável e um enorme espírito de sacrifício, ao desenvolvimento da doença, não se deixando vencer perante esta fatalidade. Prova disso mesmo, foi a sua presença no "Mundial" de França, em 1998, ano no qual foi eleito jogador búlgaro do ano, tendo ainda efectuado boas exibições ao serviço do Sporting, culminando tudo isso com a tão ansiada e desejada conquista do título de campeão nacional em 2000, que já fugia aos "leões" há 18 anos.

4 comentários:

António Pista disse...

O regresso de um Benfica demolidor e do Águia de Ouro marcam a actualidade blosférica...

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

IORDA DOZE disse...

O tal clube diferente ainda não lhe fez a festa prometida?
LOL LOL LOL LOL LOL

Anónimo disse...

O tal CLUBE diferente, sim senhor!!! Eu também sou diferente de ti.Ou tu pensas que há mais alguém como tu? És estúpido e o facto de seres LAMPIÃO agrava o teu estado.
Desempara a loja e vai PIAR para outro lado.

Lordbyron68 disse...

Parabéns pelo blog, bom historico eu que tenho pena é que os jogadores agora molham menos pela camisola e que saudades quando as équipas tinham direito a so 3 estrangeiros...