quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Um ano sem derrotas para o Campeonato Nacional (entre Dezembro de 1969 e Dezembro de 1970)!

Os campeões nacionais da época de 1969/70.

A época de 1969/70 é recordada pela família sportinguista como uma das melhores de sempre da História do futebol leonino. Com efeito, nesta temporada, sob o comando técnico do saudoso e inesquecível treinador Fernando Vaz, o Sporting sagrou-se Campeão Nacional com 8 pontos de vantagem sobre o 2º classificado, o Benfica.
O Sporting teve o melhor ataque da prova (61 golos marcados) e a 2ª melhor defesa (17 golos sofridos) atrás da defesa benfiquista, com 14 golos sofridos. Em 26 jornadas, o Sporting sofreu apenas uma derrota, diante da Académica de Coimbra (3-0), obteve 4 empates e alcançou 21 vitórias. Foi, na verdade, uma grande época, à qual só faltou a conquista da Taça de Portugal, que foi ganha (3-1) pelo Benfica, na final realizada no Estádio Nacional, no Jamor.
O que talvez muitos sportinguistas e adeptos do futebol em geral desconheçam é que, entre Dezembro de 1969 e Dezembro de 1970, em jogos a contar para o Campeonato Nacional, a equipa leonina esteve invicta durante 29 jogos, dos quais 16 referentes à época de 1969/70 e 13 relativos à época de 1970/71. Este feito constitui, até hoje, recorde leonino, não sendo , de facto, um registo fácil de igualar ou de bater.
De facto, foi mais de um ano (exactamente 1 ano e 19 dias) de invencibilidade no campeonato entre duas derrotas, isto é, entre o dia 30 de Novembro de 1969 (derrota, em Coimbra, por 3-0, diante da Académica) e o dia 20 de Dezembro de 1970 (derrota, em Alvalade, por 1-0, diante do Barreirense).

Vítor Damas.
Pedro Gomes.
Caló.
José Carlos.
Hilário.

Para este recorde contribuiu decisivamente a excelente prestação da defensiva leonina da altura, constituída pelo guarda-redes Vítor Damas e pelos defesas Pedro Gomes, Caló, José Carlos, Hilário, Alexandre Baptista e Manaca. Que saudades destes grandes jogadores! Não restam dúvidas de que uma grande equipa começa sempre numa grande defesa, e embora tal nem sempre seja suficiente para fazer uma equipa campeã, é porém uma condição necessária e importante para construir uma equipa forte e ganhadora com capacidade de lutar pelo título nacional. Era de um sector defensivo desta categoria que o Sporting da actualidade necessitava!
Alexandre Baptista.
Manaca.

10 comentários:

Raúl disse...

Para os amantes dos cromos,links para albuns estranjeiros digitalizados:
_ http://www.fodboldminder.dk/photo.htm
_ http://www.stickerfreak.de/
_ http://arefe.mundoforo.com/anuarios-extras-don-balon-periodicos-y-otras-revistas-vf36.html
_ http://www.fanpicture.ru/magazines/

Anónimo disse...

Mas nada de esquecer os médios e atacantes. Na fotografia consigo distinguir o Peres, Dinis, Lourenço, Marinho (?) e Nelson (?).
Mas de facto uma defesa com V.Damas, P.Gomes, José Carlos, A.Batista e Hilário, é dificil de igualar e falo de todos os tempos do futebol nacional. Os nossos rivais tiveram também enormes jogadores nesta zona, mas julgo que este foi o melhor conjunto de sempre em qualidade individual e colectiva.
CB

Joseph Lemos disse...

O título até dá impressão que ganharam o campeonato sem derrotas.

Vá lá, sejam sérios e expliquem ao povo que isso nunca vos aconteceu.

Joseph Lemos disse...

Até dá impressão que ganharam o campeonato sem derrotas.

Vá lá, sejam sérios e expliquem ao povo que isso nunca vos aconteceu.

ALEXANDRE disse...

Ao fazer esse comentário, fico com a ideia que o senhor ou não percebeu bem aquilo que leu ou não está a ser sério. Esse ano sem derrotas começa em Dezembro de 1969 (época de 1969/70, na qual o Sporting foi campeão nacional) e termina em Dezembro de 1970 (época de 1970/71). Se estiver de boa fé e quiser ser sério, sabe muito bem que em nenhuma parte do artigo se pode concluir aquilo que o senhor afirma. Onde é que está escrito que o Sporting ganhou o campeonato sem derrotas? Penso que o artigo não pode ser mais claro! Cumprimentos.

Joseph Lemos disse...

Percebi muito bem.
E quem disse que eu li isso?
De Dezembro a Dezembro vai um ano e o campeonato só dura nove meses.
Jogou-se o campeonato, foram para férias,entrou-se em outra época e zero derrotas.Bravo!!!!!
E então não entraram no Guiness?
Vamos lá explicar essas contas direitinho, Ok?

ALEXANDRE disse...

Noto uma certa agressividade e provocação nas suas palavras. Sente-se incomodado com este artigo? Não é caso para isso. Não há necessidade de continuar esta discussão estéril que não leva a lado nenhum. Mantenho o que disse: Em jogos a contar para o campeonato nacional, o Sporting esteve 1 ano e 19 dias sem sofrer qualquer derrota. Pela minha parte o assunto está encerrado e não há razão para o senhor continuar a insistir. É provável que outros clubes tenham estado mais tempo sem sofrer qualquer derrota. Eu limitei-me apenas a referir o caso relativo ao Sporting. Qual é o problema? Cumprimentos.

Anónimo disse...

RUI NASCIMENTO
Esse senhor Joseph Lemos, pelo seu blogue, vê-se que é um benfiquista ferrenho. Nada contra. Está no seu direito de visitar um site rival e dar a sua opinião. Sou Sportinguista ferrenho, desde os 13 anos, mas costumo visitar o site VEDETA OU MARRETA, sobre jogadores que passaram pelo Benfica, acho que é um site muito bem estruturado, mas nunca dei nenhuma opinião. E se desse era para elogiar ou criticar o jogador em questão.Agora vir fazer críticas sem fundamento, dúbias e idiotas, é única e exclusivamente com o propósito de provocar, para além de mostrar grande arrogância.
O Sporting já venceu 4 campeonatos seguidos, no tempo dos 5 violinos, coisa que o Benfica nunca conseguiu,3 foi o máximo. Até o Porto já venceu mais campeonatos seguidos que o Benfica:5.
Fomos campeões nessa temporada e é isso que interessa! Não me interessa que o Benfica seja o clube com mais títulos em Portugal e o mais conhecido lá fora. O meu clube é o Sporting e exijo, tal como o autor deste blogue respeito! Se visita o Site e dá esse tipo de opiniões ridículas, é porque lá no fundo tem um fétiche pelo nosso clube. Vocês só se tornaram no clube que são por obra e graça de um grande jogador que quando chegou a Portugal, vinha para jogar no Sporting e que vocês nos tiraram, de seu nome Eusébio da Silva Ferreira. Nunca terminámos em 6º lugar!!!Nunca estivemos 2 anos sem ir às provas da UEFA, nem 1 ano sequer. O autor do blogue que me desculpe o desabafo, mas não suporto pessoas arrogantes!
A terminar, em 2001/02, último ano em que fomos campeões, estivemos quase 1 ano sem perder para o campeonato: derrota 1-2 em Braga, à 9ª jornada e só na temporada seguinte (2002/03), é que voltámos a perder, à 3ª jornada, e uma derrota bem amarga em Paços de Ferreira(0-4). O treinador era o romeno Lazlo Boloni e o grande goleador era Mário Jardel.
SAUDAÇÕES SPORTINGUISTAS!!!

ALEXANDRE disse...

Caro amigo Rui Nascimento. Agradeço os seus comentários e concordo inteiramente com as suas afirmações. Relativamente aos comentários infelizes e despropositados daquele visitante benfiquista, julgo que já respondi convenientemente às provocações dele e lamento de facto a sua ignorância e má fé. Esse tipo de pessoas devia limitar-se a visitar apenas os blogues da sua cor clubística, em vez de proferir afirmações que só mostram dor de cotovelo e inveja. Cumprimentos cordiais e saudações leoninas! Alexandre Ribeiro.

Francisco Barreto disse...

Este senhor só mostra a sua pequenez e sendo adepto do Benfica, mostra que o Benfica é um clube pequeno. Porque a grandeza dos clubes mede-se menos pelos títulos e mais pela forma como se respeita pelos outros clubes. E a generalidade dos adeptos do Benfica sempre achincalhou os clubes rivais.
Já agora, sabem porque eu sou do Sporting?
Porque desde pequeno, sempre me meteu nojo as fanfarronices dos adeptos do Benfica e a forma como insultavam o Sporting. Hoje insultam mais o F.C. Porto que os superou em tudo. Mas os portistas não insultam os rivais.