sexta-feira, 22 de abril de 2011

Sporting campeão de reservas da AFL (1ª e 2ª divisão nacional) - 1985/86

Na época de 1968/69 disputou-se, pela primeira vez, uma competição denominada Campeonato de Reservas (1ª e 2ª divisão nacional) organizada pela Associação de Futebol de Lisboa.
Esta competição teve um total de 20 edições não consecutivas, já que, pelo meio, houve 3 edições que não se realizaram. A última edição desta prova realizou-se, assim, na época de 1990/91, e no balanço dessas 20 edições há a registar 12 vitórias do Benfica, 5 vitórias do Sporting, uma vitória do Belenenses, uma vitória do Estoril e uma vitória do Torreense.
Esta competição era disputada entre equipas de clubes filiados na Associação de Futebol de Lisboa que disputavam os campeonatos nacionais da 1ª e 2ª divisão. As equipas que disputavam esta prova eram habitualmente formadas por jogadores pouco utilizados na equipa principal sénior dos respectivos clubes ou ainda pertencentes ao escalão júnior. Com efeito, a maior parte destes jogadores apesar de fazerem parte do plantel sénior eram quase sempre suplentes não utilizados ou inclusivamente nem eram convocados.
Assim, esta nova competição oferecia a estes jogadores a oportunidade de jogarem e não apenas de treinarem durante a semana, evitando estarem demasiado tempo parados sem competição. Inclusivamente, dava-lhes esperança de poderem, mais tarde ou mais cedo, mediante a sua prestação nesta prova, vir a ser convocados para a equipa principal. Por outro lado, esta competição permitia que alguns jogadores júniores adquirissem um ritmo e uma experiência de competição mais elevadas, com vista a poderem vir a integrar mais cedo o plantel sénior.
Finalmente, esta prova possibilitava também que alguns jogadores titulares da equipa principal dos seus clubes jogassem na equipa de reservas, com vista a "limparem" cartões amarelos e vermelhos acumulados no campeonato principal. Não espantava, por isso, ver muitas vezes jogadores da equipa principal integrarem, a meio da semana (à 4ª ou à 5ª feira), a respectiva equipa de reservas, não apenas com o interesse atrás referido, mas também quando, vindos de uma lesão, necessitavam de adquirir maior rodagem ou ritmo de competição.
Como atrás referimos, o Sporting venceu 5 edições desta competição, mais concretamente nas épocas de 1968/69, 1973/74, 1983/84, 1984/85 e 1985/86. É precisamente a última destas conquistas que hoje recordamos, a qual foi alcançada no jogo decisivo disputado frente ao Benfica, a 23 de Janeiro de 1986, no antigo campo nº3 do Estádio da Luz, no qual a equipa leonina derrotou o seu rival por 2-1, dando assim um passo decisivo rumo à conquista do campeonato de reservas da temporada de 1985/86.
O Sporting apresentou neste jogo uma equipa de luxo, recheada de alguns jogadores que habitualmente eram titulares da equipa principal sénior. Eis o onze leonino titular na vitória diante do Benfica (acompanhado da respectiva foto, retirada do Jornal Sporting): Sérgio; Jorge Chow, Duílio, Virgílio (cap.) e Mário Jorge; Carlos Xavier, Dito e Lima; Forbs, Saucedo e Eldon. Os golos dos "leões" foram apontados pelo argentino Saucedo e por Dito.
Em cima (da esquerda para a direita): Sérgio, Virgílio, Eldon, Mário Jorge,
Lima e Carlos Xavier.
Em baixo (mesma ordem): Duílio, Saucedo, Forbs, Jorge Chow e Dito.

5 comentários:

CARLOS disse...

DIGAM O QUE DISSEREM ESSES CAMPEONATOS DE RESERVAS ERAM BEM INTERESSANTES NOS VÁRIOS DISTRITOS EM QUE SE DISPUTAVAM. AGORA INFELIZMENTE O FUTEBOL VIROU DINHEIRO E A PARTE DESPORTIVA VAI MORRENDO. RECORDO-ME BEM DESTA FOTO ATÉ PORQUE TAMBÉM A POSSUO NO MEU ARQUIVO SOBRE O SPORTING.

sloct disse...

E uma triste notícia na imprensa de hoje, a morte do Jorge Chow, aos 43 anos.

Paz à sua alma!

CARLOS disse...

RECORDO-ME DELE NAS CAMADAS JOVENS DO SPORTING, TINHA OUTRO IRMÃO QUE TAMBÉM JOGOU COM ELE NO SPORTING O VITOR CHOW, ENFIM MORREU NOVO.

Fernando disse...

É verdade, eu depois de ler a noticia no jornal fiquei perplexo e perguntei a mim mesmo como é possível? Mas como digo também, a lei da vida é implacável, foi um pouco de mim que desapareceu, pois fui seu treinador em 84/85, tal como de seu irmão Vitor, á família ao Vitor em particular, um abraço de sentido pêsar, o JORGE QUE DESCANSE EM PAZ ETERNAMENTE.

Nuno Barradas disse...

Boas, "roubei" esta foto e uma outra, para ilustrar uma camisola que me chegou às mãos, que é igual à do Sérgio aqui; meti link directo para esta página mencionando o Armazém. Está aqui:
http://www.verdebranco.net/novas_camisolas/2013/guarda-redes-Sporting-Du-Hidraldo-Nogueira-camisola-Adidas.html
SL